Buda da Gratidão

Categoria: ,
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Buda da Gratidão

O Buda da Gratidão é uma estátua feito com técnicas do artesanato no gesso e pintada a mão. Um processo 100% artesanal. As peças em gesso ganham notoriedade ao redor do mundo pelo seu papel decorativo e pela sua capacidade de harmonizar em todos locais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

R$45,00

2 em estoque

Descrição

O Buda da Gratidão
Gratidão é uma palavra luminosa e pouco utilizada no nosso dia. Ela deriva do latim “gratus” e significa “agradável”, “agradecido”, “elogiar, dar as boas-vindas”.

Assim, expressar gratidão significa dar as boas-vindas ao que nos ocorre no presente, sejam as situações agradáveis ou não, sejam os significados de desafios ou de tempestades. Gratidão é sair de nós mesmos, de nossos recuos internos e de nossas necessidades pessoais para se colocar à disposição das outras pessoas.

Estar grato constantemente é ainda reconhecer a impermanência das coisas (nada que temos vai durar a vida inteira) e reconhecer e gratificar o que temos hoje.

Sobre o Buda em gesso

O Buda da Gratidão é um produto feito com técnicas do artesanato no gesso. A última tendência no mercado de design é a decoração no gesso, onde as peças podem resultar em incríveis artigos para decoração. Além disso, todos os detalhes e a perfeição da peça são atribuídos a qualidade do gesso branco utilizado.

Dimensões da peça:

– 17 cm de altura

– 12 cm de largura

O que significa Buda?

Buda não é o nome de uma pessoa, mas um título: significa “aquele que sabe a verdade” ou “aquele que despertou”, aplicado a alguém que atingiu um nível superior de entendimento.

Quem foi Buda?

O Buda (o iluminado) foi Sidarta Gautama, nascido na região do Himalaia (Índia). Viveu por volta de 563 a.C. a 483 a.C. Era filho dos reis da dinastia Sakia. Sua mãe, a rainha Maya, morreu sete dias após o parto.

A vida de Sidarta Gautama:

Buda teve uma vida repleta de luxo e segurança até os 29 anos de idade. Sua família não permitia que ele entrasse em contato com a vida fora do palácio e, portanto, Sidarta desconhecia a miséria.

Ao atravessar a cidade ele teve contato com a realidade da velhice, da doença, da miséria e da morte. Sidarta entrou em profunda crise existencial: toda sua vida lhe pareceu uma mentira. Com isso, aos 29 anos, deixou seu palácio e título, e iniciou sua busca para atingir a iluminação, para desvendar o problema do sofrimento humano.

De acordo com os relatos da época, Buda começou a meditar até alcançar a iluminação. A partir deste momento, passou a divulgar seus ensinamentos.

Sobre a Filosofia Budista:

O princípio básico do budismo é a busca pela anulação dos desejos materiais como meio de terminar com o sofrimento. Para tanto, é necessário o desenvolvimento de ações e pensamentos corretos (positivos).

Conheça o Templo Budista na cidade de Três Coroas/RS

Existem várias posições de meditação no Buda, uma delas é conhecida como Buda Amitabha, que tem um especial comprometimento com a iluminação de todos os seres. Esse Buda é conhecido como o da transferência da consciência na hora da morte e da passagem pelo bardo. O objetivo dos que o cultuam é alcançar a iluminação ou renascer na Terra Pura de Amitabha, onde se alcançaria a iluminação.

Informação adicional

Peso 1000 g
Dimensões 27 × 11 × 15 cm

OUTROS PRODUTOS

SEMELHANTES

R$235,00

R$235,00

R$129,90

R$90,00

All articles loaded
No more articles to load