Mosquinhas na Composteira Doméstica. É normal? O que eu posso fazer??

29 de junho de 2020
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Autores:
Luisa Holsback
Rafael Holsback

Não é tão comum, mas a mosquinha da fruta/banana pode aparecer. Muitas pessoas nem se importam quando aparecem mosquinhas na composteira, todavia, algumas pessoas podem ficar incomodadas.

Conhecida como mosca da banana ou mosquinha das frutas, a Drosófila alimenta-se das leveduras em frutos e verduras em início de decomposição. Sendo assim, a Drosófila pode aparecer na tua composteira durante o processo de decomposição da matéria orgânica. Não há motivo para pânico, pois elas não fazem mal algum, mas elas podem ser evitadas tomando alguns cuidados.

Compostagem, Decomposição e Nojo

  • CONTAMINAÇÃO DOS RESÍDUOS: Em regra geral, é tu que “leva” a drosófila para dentro da composteira através dos resíduos depositados, ou seja, a mosquinha coloca os ovinhos nos resíduos que ficaram expostos na tua cozinha e, os mesmos, irão eclodir dentro da composteira.

Dica 1 – Logo, orientamos que armazene os resíduos (antes de colocar na composteira) em pote BEM fechado.

Dica 2 – Nesse caso, percebendo presença da mosca das frutas, a dica é utilizar algum repelente natural contra insetos, como chá concentrado de capim limão, óleo de citronela ou óleo de Neem (Neem, Nim ou Margosa – Azadirachta indica A. Juss). O chá deve ser borrifado na mistura e o óleo pode ser adicionado nas paredes das caixas pelo lado de fora.

  • UMIDADE: Se a tua composteira estiver muito úmida, por exemplo, se notares que há gotículas de água na tampa ou nos lados interno da caixa.

Dica 1- coloque mais material seco, a saber, serragem ou folhas secas.

Dica 2 -A touquinha da Compostchêira é fundamental para eliminar o excesso de calor e umidade de dentro da composteira. Recomendamos utilizá-la ao invés da tampa de plástico.

  • FERMENTAÇÃO: Tua composteira não pode ter cheiro ruim, se isso estiver ocorrendo, algo não está funcionando. Há um desequilíbrio em tua composteira.

O odor é causado quando o resíduo orgânico úmido (em grandes quantidades) excede a capacidade de absorção do sistema, gerando gás metano. Em outras palavras, ele se dá quando ocorre a fermentação da matéria.

Dica – O “tamanho/capacidade/volume” da tua Composteira é um fator importante. Isso porque, caso a tua geração de resíduos orgânicos seja maior do que a capacidade da tua Composteira tu irás encher rapidamente as caixas digestoras e os resíduos podem começar a fermentar. O tempo mínimo para encher cada caixa digestora é de 3 semanas. Se estiveres enchendo em menos tempo cada uma das caixas digestoras, então é um claro sinal de que a tua Composteira Doméstica está ‘pequena’. Orientamos que entre em contato com a equipe da Compostchêira para receber as devidas orientações.

Uma alternativa simples, barata e segura (funcionando com uma alternativa ao uso de inseticidas) para evitar as mosquinhas na composteira é fazer uma armadilha para essas mosquinhas impertinentes. A armadilha é feita a base de atrativo alimentar para “chamar” as moscas e auxilia no processo de controle das mesmas.

Como fazer a armadilha para mosquinhas na composteira?

Atente para duas questões:

– É a espuma gerada pelo detergente que será a armadilha para as Drosófilas. Portanto, é importante que mexa bem a o líquido no mínimo 1 vez ao dia para, assim, garantir a presença da espuma.
– Deve ficar claro que não basta colocar uma única vez a armadilha. O combate às drosófilas precisa persistir por alguns dias até identificar o seu desaparecimento.

COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp