Minhoca Californiana

26 de janeiro de 2018
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

“O arado é uma das invenções humanas mais antigas e valiosas. Mas muito antes de o homem existir a terra já era regularmente arada, e ainda continua a ser, pela minhoca. Pode haver dúvidas quanto à existência de muitos outros animais que têm desempenhado uma parte tão importante na história do mundo, como essas criaturas pouco organizadas”

(Charles Darwin 1881, A formação do húmus através da ação das minhocas)

Sobre a Minhoca Californiana

A Minhoca Californiana (Eisenia Fetida), também chamada de Vermelha da Califórnia, é uma espécie originária do Norte da Europa. No entanto, recebeu tal nome por ter sido levada ao estado da Califórnia, nos EUA, para ser cultivada e comercializada em meados dos anos 50. Desde então, passou a ser reconhecida como a espécie de minhoca mais indicada para a produção de Húmus.

Tamanho das Minhocas Californianas

Certamente, a questão relacionada ao tamanho dessa espécie de minhoca causa alguns equívoco. Isso porque, acostumados com a minhoca nativa (a puladeira) muitas pessoas estranham que a Minhoca Californiana seja menores. Na fase adulta, costuma ter de 8 a 10 cm. Podendo chegar a no máximo 12 cm.

Reportagem do Globo Rural falando do tamanho da Minhoca Californiana

 

Quanto tempo vive as Minhocas Californianas? 

A minhoca californiana pode viver até 16 anos.

Quantidade de resíduos consumidos pela Minhoca Californiana

A quantidade de matéria orgânica digerida por uma minhoca californiana irá depender do seu tamanho e fase da vida. Uma minhoca adulta pode produzir diariamente uma quantidade de excremento (húmus) igual ao seu próprio peso.

Sobre a fase adulta e a reprodução da Vermelha da Califórnia

Em média, 40 dias após seu nascimento as minhocas já se encontram sexualmente maduras, podendo então depositar um casulo a cada 7 a 10 dias. Cada casulo pode conter de 2 a 20 ovos que eclodem após 21 dias de incubação.

Casulo de Minhoca Californiana

 

 

Minhocas Californianas e as minhocas nativas do Brasil

Elas se diferenciam das minhocas nativas que costumamos encontrar em nossos quintais pelo Brasil, principalmente em quatro aspectos:

  • movimentos corporais mais calmos, diferente da minhoca ‘puladeira’ (minhoca-louca ou bailarina – Amynthas gracilis), que encontramos em nosso jardim;
  • tamanho menos avantajado do que a maioria das minhocas nativas;
  • mesmo sendo menores, são muito mais “comilonas” do que as nativas, tornando-as ideais para a Compostagem Doméstica;
  • possuem uma cor avermelhada, o que explica sua utilização na pesca esportiva, pois seu vermelho brilhante atrai a atenção dos peixes embaixo d’água.
Minhoca Californiana X Minhoca Puladeira

 

 

Cuidados necessários com As Minhocas Californianas

  • Temperatura: 25º é a temperatura ideal. Temperaturas muito elevadas podem prejudicar as Minhocas, mesmo que, a Californiana seja bastante resistente ao calor. Ou seja, ela suporta bem temperaturas até 35º. Logo, a recomendação é sempre deixá-las abrigada da incidência do sol. Assim como, escolher local bem arejado.
  • Predadores: Não há dúvidas que, as Minhocas possuem uma enorme quantidade de predadores. Para exemplificar, podemos citar os passarinhos e inúmeros animais onívoros. No entanto, no caso da Compostagem Doméstica, é necessário atentar para as as formigas. Mas, calma! Nada de pânico, pois há formas de evitar esse problema. Uma boa dica é colocar borra de café na Composteira. Dessa forma, o café irá proteger as minhocas e, também, será compostado. Pode-se colocar a borra com filtro (de papel) e tudo.
  • Cítricos: Há de se considerar, que não é recomendado colocar limão e abacaxi na Composteira. No entanto, restos de laranja, bergamota e outros cítricos podem ser colocados na composteira, mas com cautela. 
  • Umidade: A recomendação é nunca deixar o substrato ficar seco. Em geral, o líquido liberado pelos resíduos é suficiente para deixar o substrato com a umidade adequada. Todavia, adicione água caso seja necessário. A umidade ideal do substrato é entre 80-90%. Um ótimo teste é apertar com a mão um punhado de substrato. Se não escorrer nenhuma gota de líquido, então é necessário adicionar água. Porém, se escorrer muita água entre os dedos, então o composto está muito úmido. Ou seja, o ideal é escorrer algumas gotas. 

teste de umidade em húmus de minhoca

É seguro ter Minhocas em casa?

É certo que, as minhocas não transmitem nenhum tipo de doença ou vírus para os seres humanos. Mais do que isso, elas são indispensáveis para o equilíbrio do meio ambiente. Não por acaso, no Egito antigo a terra era avaliada pela quantidade de minhocas encontradas em um metro quadrado. 

Portanto, não foi por acaso que o naturalista Charles Darwin em seu livro ‘A formação do húmus através da ação das minhocas‘ apresentou uma carinhosa homenagem a esses pequenos e discretos seres: 

“a minhoca é a melhor amiga do homem”

Referências:

http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/noticia/2015/08/5-especies-de-minhocas-mais-comuns-no-brasil.html

 

Autores:

Rafael Holsback – Professor de Filosofia e Mestre em Educação

Márcia Gomes – Arquiteta e Urbanista

COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp