Alimentação e PANC’s: Desperdício Zero

28 de julho de 2020
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Sou fã de banana, assim como muitos brasileiros. Muitas vezes, como mais de uma no dia. Por isso, aqui em casa sempre temos um estoque para dar conta da demanda. No entanto, uma grande quantidade de cascas iam para o lixo até eu descobrir que podíamos preparar receitas deliciosas com elas. Ou seja, a casca de banana, as folhas da cenoura, os talos do brócolis assim como a capuchinha, a taioba e o dente de leão são PANC´s, Plantas Alimentícias Não Convencionais.

O que são PANC’s?

Primeiramente, as PANC’s podem ser plantas inteiras, mas também podem ser partes delas que não costumamos utilizar e acabam sendo descartadas. Certamente, alimentação e PANC’s combinam muito bem. Dessa forma, este texto irei focar no ‘porquê’ utilizar de maneira integral o alimento e como fazer.

Desperdício de Alimentos e utilização de PANC’s

Por certo, a comida que está no seu prato passou por uma longa viagem para estar aí. Isto é, ela foi plantada, cresceu, foi colhida, em seguida transportada por muitos quilômetros (se não for um produto local) até chegar ao supermercado ou feiras. Para, em fim, chegar na sua mesa. Não há dúvidas, que esse processo gera gasto de água, polui o meio ambiente (durante o transporte) e já nesse caminho muitos quilos de comida são perdidos.

Dados sobre o desperdício de alimentos

Para ilustrar o cenário atual, a FAO estima que 28% dos alimentos são desperdiçados na América Latina até chegarem ao final da cadeia. Por conta disso, o 12º objetivo sustentável da ONU visa “assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis”. Ademais, as metas incluem a diminuição pela metade do desperdício de alimentos per capita até 2030. É certo que, a relação entre alimentação e PANC’s pode evitar o desperdício. Uma vez que, utiliza-se partes dos alimentos que normalmente iriam para o lixo em receitas. Somado a isso, podemos devolvê-las à terra por meio da compostagem.

Alimentação mais saudável com as PANC’s

Ao utilizar as cascas e os talos em preparos para o consumo você estará diminuindo o desperdício. Mas também, irá diversificar sua alimentação e acrescentar muitos nutrientes a sua dieta, uma vez que, cascas e talos têm grande concentração deles. Atualmente, a dieta de um brasileiro está muito monótona, ou seja, sempre com os mesmos ingredientes, negligenciando a diversidade e a cultura do nosso país. Estima-se que temos entre 12.500 a 30.000 espécies vegetais com partes comestíveis. Todavia, 90% do alimento mundial vem de apenas 20 espécies.

Enfim, vamos expandir nossa mente e nosso paladar experimentando ingredientes que estão ao nosso alcance. A junção entre alimentação e PANC’s deixa o alimento mais saboroso, rico em nutrientes e, principalmente, mais brasileiro. Melhorando a nossa saúde e sendo mais sustentáveis.

 

Receitas com as PANC’s 

Geleia de cascas de frutas
  • Ingredientes
  • Cascas de pêras
  • Cascas de uma manda
  • Cascas de 3 maçãs
  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • 2 xícaras de chá de água

Modo de preparo: Lave bem as frutas e deixe-as de molho em água clorada( 1L de água para 1 colher de sopa de cloro). Descasque as frutas e corte as cascas em pequenos pedaços. Em panela junte todos os ingredientes. Por fim, leve ao fogo baixo sem mexer muito, até atingir ponto de geleia.

Mariola de cascas de banana
  • Ingredientes
  • 2 copos de cascas de banana
  • 1 copo de banana amassada
  • ½ copo de farinha de trigo
  • 2 colheres de sumo de limão

Modo de preparo: Primeiramente, cozinhar as cascas de bananas bem lavadas e bater no liquidificador. Na sequência, juntar os outros ingredientes e levar ao fogo até secar toda a umidade. Além disso, acrescentar açúcar equivalente a metade do peso da massa.

Após chegar a uma consistência de pasta dura, derramar um mármore ou em qualquer superfície lisa, untada com manteiga. Em seguida, trabalhe um pouco a massa. Então, modele as mariolas e passe açúcar. Por fim, deixar secar ao sol ou em forno fraco.

Bolo de casca de banana
  • 1 xícara de chá de óleo
  • 3 ovos inteiros
  • 2 xícaras de chá de banana lavadas e picadas
  • 2 xícaras de chá de açúcar
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de preparo: Inicialmente, coloque o óleo, os ovos e a casca de banana no liquidificador. Em seguida, bata bem e vá colocando o restante dos ingredientes. Então, bata tudo no liquidificador. Se achar necessário, despeje a parte líquida em uma vasilha e misture a farinha e o fermento em pó. Após, coloque a massa em uma forma de tamanho médio untada. Por fim, leve ao forno médio por uns 40 minuto.

 

Autora: Ana Corrêa Ruiz. Estudante de nutrição e bolsista de iniciação científica.

Desperdício de alimentos: velho hábitos, novos desafios. Marcelo Zaro

 

mão clicando em ícone do instagram

 

COMPARTILHE
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp